Desde setembro do ano passado, quando os shows solo do Dashboard Confessional foram confirmados no Brasil, contamos os minutos para a chegada de Chris Carrabba em nosso país. Inicialmente, os três shows estavam marcados para dia 08 de março, em Curitiba; 09 e 10 de março, em São Paulo. Mas houve uma grata surpresa durante a semana dos shows: antes de partir rumo a Curitiba, Chris passou por São Paulo para a gravação do programa “An Evening With Dashboard Confessional”, organizado pelo Centro Britânico Idiomas, em parceria com a agência de marketing musical Music Monday, a produtora de vídeo Pexera Produções e a produtora Web Rockers, responsável pelos shows no Brasil.

convite

Gentilmente convidada pela produção da Music Monday, a equipe DC Brasil teve a alegria de participar dessa apresentação, que marcou o início dos shows de Chris Carrabba aqui no Brasil. O evento ocorreu no dia 07, no Estúdio VT Cine, tendo como convidados membros de bandas nacionais, como Gloria, Fresno, VOWE e Esteban, além de alunos do Centro Britânico, que aproveitaram a rara oportunidade para aprimorar seu aprendizado em inglês (lembrando que Chris era professor antes de se dedicar à carreira com o Dashboard Confessional. Suas palavras são muito bem pronunciadas e tornam-se um verdadeiro presente para os estudantes da língua e amantes de um bom “listening”!).

Chris chegou ao local do evento com a simpatia de sempre, sozinho, junto apenas de seu produtor e de seu companheiro inseparável: o violão. Antes do evento iniciar, ele se dedicou a conhecer  os convidados presentes, numa rápida sessão de fotos com cada um.

_MG_8391 copy
Chris Carrabba com a equipe que ajudou a realizar o evento.

Na sequência, Chris se dirigiu à sala de gravação para responder as perguntas dos convidados. Perguntado já de início sobre seu novo projeto com a banda Twin Falls e qual a consequência disso para o futuro do Dashboard Confessional, ele contou que os demais integrantes do DC também estão com novos projetos e tocando com outras bandas, portanto haverá um tempo de pausa para o Dashboard, assim os membros terão liberdade de evoluir musicalmente. Ele encara isso como algo natural, pois foram dez anos tocando com o DC e agora ele sente a necessidade de dar o próximo passo, de conhecer outros sons, e espera que os fans de Dashboard se interessem também por esse novo caminho, assim como ele. Chris contou que nunca se sentiu tão apaixonado em fazer música quanto se sente atualmente com o Twin Falls e que esse é um projeto duradouro, que segue um estilo bem diferente do Dashboard (bluegrass/folk), mas que permite o envolvimento da plateia (palmas, refrões cantados a plenos pulmões), característica marcante que conquistou ao longo de sua carreira no Dashboard Confessional.

(A equipe DC Brasil vai acompanhar os passos do Twin Falls, postando aqui e no Facebook tudo o que vocês buscam encontrar sobre a banda. Faremos o possível para ver o Chris no Brasil novamente, ainda que com seu novo projeto. Foi esse o único pedido que ele nos fez durante os shows, lembram?)

Outra pergunta curiosa foi sobre a relação dele com o Santos Futebol Clube, uma vez que ficou famosa a foto antiga do Chris, vestindo a camiseta.

sants

Ele explicou que, apesar de gostar de futebol, aquela camiseta foi presente de uma ex-namorada santista e que, hoje, ele não tinha time paulista para torcer. Sempre descontraído, pediu sugestões e fãs de todos os clubes se manifestaram na plateia.

Após as breves perguntas, Chris tocou algumas músicas de seu repertório com o Dashboard Confessional. Estavam programadas apenas poucas canções para a gravação, mas vendo a resposta da plateia, que já no primeiro verso de The Good Fight o acompanhou na letra, ele disse: “era pra ser somente três ou quatro músicas. Mas vocês merecem mais que isso”. O setlist completo somou nove canções, a maioria pedida pela plateia:

The Good Fight
Don’t Wait
Age Six Racer
The Places You Have Come To Fear The Most
Tall Green Grass (cover de Cory Branan)
Stolen
Vindicated
As Lovers Go
Hands Down

Ao fim do evento, Chris tirou mais fotos com os convidados, conversou mais um pouco com os fãs, relembrou histórias entre alguns amigos presentes e deixou o local depois de algumas horas, para jantar: “Finalmente! Eu não comia de verdade já tinha umas 40 horas!”, disse ele, sempre muito simpático, ao chegar no restaurante.

Em breve, a Music Monday lançará o programa completo, online, com qualidade máxima de som e em HD, e postaremos aqui para vocês curtirem! Por enquanto, as fotos estão em nossa galeria e fica aqui um pouquinho de Hands Down!

***

Não deixe de conhecer o trabalho dos organizadores! Você não vai querer perder os próximos eventos, eles ocorrem com frequência!

Centro Britânico Idiomas – Este Pocket Show com Chris Carrabba foi parte do projeto ‘Centro Britânico In Concert’, por meio do qual a escola de idiomas leva aos estudantes conteúdo exclusivo e ao vivo de  artistas nacionais e internacionais. Entrem no site do Centro Britânico e participem dos próximos!
Music Monday – Agência de marketing musical que criou este projeto e foi responsável por toda a estratégia de mídia que possibilitou o evento com Dashboard Confessional. O Pocket Show com Chris Carrabba está sendo transformado em um programa online, que em breve será distribuído pela equipe da Music Monday!